Dicas para montar um salão de beleza?
dicas para montar um salão de beleza

Dicas para montar um salão de beleza?

Você sonhou em ter o seu salão de beleza, mas ainda não teve coragem em começar ou até mesmo já começou, mas as coisas não estão se desenvolvendo. Se a situação é essa está na hora de procurar por informações e orientações profissionais para estruturar os seus negócios.

Mas investir em serviços de beleza é um bom negócio?

O Brasil é o terceiro maior consumidor do mundo de serviços e produtos de beleza, atrás apenas do Japão e dos Estados Unidos.

Aproveitar esse mercado crescente e construir um salão de sucesso que funciona, gere renda para os proprietários e prestadores de serviços, funcionários será um bom negócio, desde que bem gerenciado. Sim, não é só abrir um negócio, é preciso administra-lo.

Como muitas pessoas me perguntam como começar, separei algumas dicas iniciais que vão ajudar na organização de ideias e nas várias etapas que exige a abertura de um salão de beleza.

Ao falar de planejamento muitas pessoas acham um bicho de sete cabeças, mas não é! Um bom planejamento vai te ajudar a visualizar o seu negócio e te dar direção no que fazer primeiro, das prioridades e sequência no desenvolvimento dos negócios.

Comece fazendo anotações, transporte para o seu computador em planilhas, caso não domine esses recursos, use um caderno e liste todos os pontos possíveis e necessário para que você consiga saber antes de investir nesse mercado, quanto precisará de recursos para abrir o negócio, formalizar e mantê-lo.

O salão de beleza é um lugar onde são desenvolvidos vários serviços relacionados à beleza e ao bem estar. Dentre esses serviços podemos listar: relacionados aos cabelos (cortes, alisamento, shampoo, coloração, hidratação, escova, etc.), manicure, pedicure, maquiagem, depilação, design de sobrancelhas, estética (massagem e procedimentos estéticos indolor e não invasivos), etc. Existem salões para os mais variados tipos de públicos: masculino, feminino, unissex, infantil e outros.

Pesquise antes o mercado, salões de beleza da região onde pretende abrir. Levante quais são os diferenciais, experimente os serviços para saber dos pontos fortes e fracos.

Planeje se o salão será na sua casa ou locação- A escolha de um local para o seu salão de beleza é uma das decisões mais importantes que você vai fazer nos estágios iniciais da criação de seu novo negócio. Tome cuidado com a escolha do espaço para o salão de beleza.

Escolha de um nome certo para o seu negócio e depois a criação da marca. Para criar uma identidade própria é importante analisar as necessidades básicas e perfil da clientela. Não crie nomes difíceis de entender ou pronunciar.

Contrate um contador, ele deve te orientar em todas as etapas da abertura da empresa se será MEI, Microempresa, . Cada tipo de negócio tem exigências diferentes, mas no geral, é preciso constituir uma empresa, fazendo um contrato Social, esse documento apresenta, por meio de cláusulas, as normas gerais e principais que regerão o salão, como: nome e localização do salão, objetivo do negócio, dados dos sócios, participação e função de cada um na sociedade. Custo médio para elaboração de um Contrato Social: R$ 300,00 (trezentos reais).

Alvará de Funcionamento – Para o salão de beleza iniciar suas atividades é necessário que ele consiga o Alvará de Funcionamento, que é um documento de aprovação do local, expedido pela Prefeitura Municipal.

Além disso, alguns casos são exigidos liberações da anvisa e outros orgãos públicos, fique atenta.

Determine o mercado-alvo que você quer atrair para o seu salão de cabeleireiro, SPA ou centro de estética, pois isso irá ajudá-lo a escolher o local, serviços a serem oferecidos, preços e outras decisões de divulgação.

Equipamentos - Uma escova de cabelo e um secador não bastam, será necessário um lavatório, produtos, estrutura para instalação, etc. Faça um levantamento dos equipamentos necessários para programar as compras.

Contrate pessoas qualificadas e ofereça treinamento.

Planeje a prestação de serviços – faça uma tabela de preço dos serviços. Não queira fazer tudo, ainda mais se não tiver profissionais para atender.

Estruture o espaço físico com uma boa iluminação, ajudando assim o trabalho dos maquiadores, manicures e cabeleireiros.

Planeje a sua comunicação e o marketing – planeje, monte estratégias, pesquise a liberação do nome, domínio e redes sociais.

Crie um site para o seu salão de beleza com boas imagens e descrição detalhada dos seus serviços e preços.

Planeje a inauguração por mais simples que seja.

Controle as compras de produtos e o seu uso.

Faça um plano financeiro dos investimentos iniciais, capital de giro (valores dos custos mensais) toda a equipe, seus custos fixos e variáveis.

Não faca compras sem programação para não comprometer seus recursos iniciais ou mesmo os mensais.

Procure por ajuda profissional e planejando você terá muito mais êxito na execução.

Estabeleça uma meta inicial, um prazo para fazer tudo dentro das suas possibilidades.

E por fim, faça parcerias, busque por pessoas que assim como você estejam usando oportunidades. Mas lembre-se, toda parceria tem suas responsabilidades e deveres, por isso, estabelece antes o que e como será feito para não ter surpresas negativas.

Todas as informações deste texto são referente as minhas experiências que tenho trabalhando com salões de beleza há mais de 10 anos como assessora de comunicação e marketing, porém, as citações de abertura de empresa, alvará pesquisei e complementei retirando informações da internet em sites gerais.

Até o próximo post!

Liliane Daquino

Mercado Feminino

Acesse nosso instagram: @mercadofeminino

Comments are closed