Será mesmo possível abrir uma empresa em 24 ou 48 horas? Mentira ou verdade?
mentira

Será mesmo possível abrir uma empresa em 24 ou 48 horas? Mentira ou verdade?

Imagine você em um momento onde o pais passa por uma profunda crise moral e ética e ainda assim você aposta em abrir um negócio, junta todas as suas economias, compra um espaço, monta toda a estrutura, gasta com reforma, investe alto e espera que o seu CNPJ saia em 48 horas conforme divulgado e prometido pela JUCESP. Mas, as coisas não acontecem assim.

Sim, são 100 dias esperando pela emissão de um CNPJ. Foram abertos 5 protocolos e entregues todas as exigências. Cheguei a trocar de contador com a promessa de que conseguiriam abrir a empresa no via rápido em 48 horas e nada. Imaginem vocês que estou com uma empresa pronto há 4 meses, pagando todos os encargos de IPTU, luz, gás, telefone, água, produtos, funcionários, mas estou de portas fechadas com 13 pessoas aguardando para trabalhar. Um absurdo!!

Esse relato é verdadeiro e, é apenas um, entre milhares de pessoas que estão passando pelo mesmo processo dentro da Jucesp e nada é resolvido. Estou publicando este fato pela gravidade do assunto e da maneira como eles tratam a gente com descaso. Se todos que estiverem passando pelo mesmo problema denúncias com certeza isso será até mesmo caso do Ministério Público ou outros orgãos competentes verificar o que está ocorrendo. Porque alguns conseguem a emissão do CNPJ tão rápido e outros estão sofrendo como eu. Será que alguma coisa errada ai, além claro do sistema em teste, da falta de interesse em resolver dos funcionários?

A situação é de indignação, ainda mais por trabalhar com empreendedorismo e perceber que somos esquecidos e que as instituições que existem são focadas em faturar em cima da gente e não em ajudar efetivamente.

Depois de 15 anos trabalhando com assessoria de imprensa e gestão de comunicação e marketing para salões de beleza, há 4 meses atrás, apareceu uma oportunidade em investir em um espaço que eu pudesse colocar em prática outros sonhos e realizações deste negócio. Apresentei para o meu marido a proposta que embarcou no meu sonho e veio comigo. Então, no dia 07 de março de 2017 comprei um salão de beleza nos Jardins. Inicialmente, parti para a reforma do local, ficamos em obra durante 50 dias para arrumar o local e deixa-lo pronto para a inauguração. Foi então que dei entrada na documentação com o contador que iniciou a saga da abertura da empresa e da emissão do CNPJ.

O primeiro contador deu entrada em 4 protocolos durante 70 dias e não conseguiu finalizar a emissão do CNPJ. Durante esse período eu mantive tudo nas mãos do contador, aguardando. Após, achando ser problema do contador, passei para outro que disse-me que em 48 horas faria a abertura, isso já tem 30 dias e também não ocorreu. Foi então, que resolvi ir atrás da JUCESP, ligar para a secretária de empreendedorismo, gabinete do governador, enviar mensagem nas redes sociais do prefeito, ligar na Jucesp e abrir protocolos na ouvidoria, mas nada disso surtiu efeito para resolver.

Liguei na JUCESP a própria atendente disse-me que eles estão com vários processos parados e que seria interessante eu ir la pessoalmente para reclamar na ouvidoria geral. Já reclamei na ouvidoria do site inúmeras vezes e ninguém resolve. Simplesmente, eles fazem vistas grossas e não agem para resolver. É vergonhoso!

A contadora atual foi então na JUCESP que indicou que fizéssemos novo protocolo e disseram-nos para dar entrada na unidade da FIESP. Na quinta-feira passada, dia 14 de julho de 2017 fui até a Jucesp da Fiesp na avenida Paulista para dar entrada no quinto protocolo e ouvimos pela 4 vez que o sistema VRE2 é falido, está em teste, cheio de problemas e reclamações na internet. Que existem mais de 3000 CNPJ em análise e que o sistema vai liberando sem regras, ou seja, o sistema não funciona e eles estão insistindo nessa falência deles e levando empresas de gente séria junto.

Que sistema falido é esse? Que promessas mentirosas são essas? Porque a prefeitura cobra mil encargos, taxas e impostos do consumidor e empresas, mas não corrigem esses problemas de maneira rápida, conforme foi mencionado em matérias publicadas no próprio site da JUCESP.

Vejam vocês mesmos no site da JUCESP as falsas promessas de agilidade na abertura da empresa.

jucesp

E nos sites de reclamações, são muitos os comentários que se repetem e percebemos que ninguém faz nada. O problema é falido, antigo e eles alegam estar em teste. Como assim? Colocar em teste algo que mexe com a vida de muitas pessoas.

Separei alguns links para vocês acompanharem: basta colocar no google Reclamações JUCESP

https://www.reclameaqui.com.br/jucesp-junta-comercial-do-estado-de-sao-paulo/informcao-novo-sistema-vr2-viabilidade_y2ZnESl1W8DFbxFW/

https://www.reclameaqui.com.br/jucesp-junta-comercial-do-estado-de-sao-paulo/suporte-tecnico-via-rapida-2_F-wMEdCEXIcUaVvl/

https://www.reclameaqui.com.br/jucesp-junta-comercial-do-estado-de-sao-paulo/demora-atualizacao-vre-via-rapida-empresa_SQ4n8eDN0R7nJ8sj/

https://www.reclameaqui.com.br/jucesp-junta-comercial-do-estado-de-sao-paulo/suporte-tecnico-via-rapida_14263105/

https://www.reclameaqui.com.br/jucesp-junta-comercial-do-estado-de-sao-paulo/falta-de-solucao_11664514/

https://www.reclameaqui.com.br/jucesp-junta-comercial-do-estado-de-sao-paulo/muito-servico-para-pouco-funcionario_9436736/

Busque pelos seus direitos. Denuncie!

Liliane Daquino

Mercado Feminino

Empreendedorismo e Networking

Comments are closed